Agora temos resenhas de Visual Novels

É com muito orgulho que venho por meio desta nota, após a morte do nosso querido Animehaus, apresentar a inauguração dos reviews de Visual Novels aqui no Animebook.

Você pode estar se perguntando: O que é uma “Visual Novel” e por que isso se encaixa no conteúdo do site? Eu te explico: Visual Novel é o nome dado a um produto cujo o conceito de difundiu muito no Japão e faz parte até hoje da cultura pop do país. Uma Visual Novel pode ser considerada como sendo um jogo eletrônico, porém eu particularmente prefiro evitar esta definição, já que o gênero VN em si nega uma das principais características de um jogo eletrônico, que seria a interatividade. Ao invés disso, prefiro classificá-las como sendo verdadeiros “livros eletrônicos audiovisuais”, ou seja, é um software que nos permite ler uma narrativa muito semelhante a de um livro, com ilustrações, efeitos sonoros e músicas de fundo para ajudar na imersão. O único elemento interativo que uma VN possui está no fato de estas geralmente oferecerem algumas simples opções durante o curso da história, o que por sua vez muda a rota que a história vai tomar e consequentemente seu final.

No fundo, VN’s se focam nisso mesmo: história. Além disso, se utilizam de muitos elementos (vide os desenhos) da animação japonesa para acharem a sua identidade estética, e por isso mesmo muitas dessas obras são adaptadas para animes. As adaptações variam muito, com seus espelhos animados seguindo apenas uma das várias rotas disponíveis, ou ás vezes pegando elementos de várias rotas e misturando tudo em uma narrativa coesa, entre outros experimentalismos.

O fato é que Visual Novels tem tudo haver com animes e cultura japonesas e caso você, leitor, sinta a vontade de explorar esta mídia relativamente desconhecida aqui no ocidente, agora nós te oferecemos resenhas!

Mas, antes disso, deixo aqui algumas observações:

- Como é de se esperar, grande parte destas VN’s nunca recebeu um lançamento oficial no ocidente, portanto a única maneira de desfrutá-las é ou sabendo japonês, ou depender de grupos de tradução (geralmente para o inglês)organizados por fãs. Todas as VN’s resenhadas aqui foram com base nessas “fantranslations”, exceto uma ou outra.

Como também já é de se esperar, muitas dessas VN’s possuem conteúdo adulto (vulgo para hentai/cenas de sexo explícito), pois esta é uma cultura muito difundida no meio. Até mesmo VN’s com enredos brilhantes dão um jeito de enfiar essas cenas de supetão apenas para apelar para mais públicos. Isso se dá por que o gênero tem suas raízes nos famosos “dating sims”, ou seja, simuladores de encontros e romance, em que a história se centra em um protagonista que conhece múltiplas garotas, e deve escolher qual conquistar através do sistema de rotas. Esse conceito foi muito expandido, no entanto, e o gênero trata dos mais variados temas, existindo novels que inclusive não possuem cenas eróticas ou elementos de dating sim. É desse tipo de novel (que se foca na história, com conteúdo erótico ou não) que o Animebook está se dispondo a resenhar no momento.

Para conseguir essas VN’s de maneira legal, você tem de importa-las direto do Japão, obviamente. Elas são instaladas em seu PC como qualquer programa ou jogo seria. Já a forma ilegal... Bem, se virem ;).

A nota será avaliada principalmente em função da história apresentada na VN, já que este é seu foco desde o início. Outros detalhes técnicos como interface, música e qualidade visual também entram na sua composição, mas não serão tão importantes quanto.

E é isso! Espero que essa expansão do Animebook seja de agrado a todos, especialmente aqueles que sempre quiseram saber do que se trata este gênero mas nunca tiveram uma fonte confiável de informação e reviews.

Lucas Funchal
>