Saya no Uta (Visual Novel)

1.0 2.0 3.0 4.0 5.0 Bom

Informações

Ano 2003
Estúdio Nitroplus
País Japão
Duração Aprox. 5h
Gênero Drama, Violência
Palavras-chave saya no uta visual novel gen urobochi nitroplus

Fuminori Sakisaka é um estudante universitário que é vítima de um terrível acidente de carro. Seus pais morrem neste acidente, enquanto ele é levado ás pressas para o hospital com ferimentos extremamente graves. Para salvar sua vida, os médicos o submetem a um procedimento cirúrgico no cérebro que ainda se encontra em fase experimental. Apesar de a cirurgia salvar sua vida, não foi exatamente o que poderíamos chamar de sucesso.

Depois de operado, Fuminori apresentou um sintoma horrível: sua percepção do mundo mudou drasticamente, tudo o que ele vê é nojento e grotesco, seus amigos falam e se parecem com monstros horrendos e tudo o que come possui um gosto pútrido.Fuminori optou por manter isso em segredo de sua médica, amigos e conhecidos para que não fosse submetido como uma cobaia a testes científicos, mas tal atitude causa uma sensação de perturbação tão grande que ele acaba por se afastar de tudo e todos.

Um dia, enquanto estava pensando em alguma maneira rápida e eficiente de se matar na cama de hospital, eis que Fuminori conhece Saya, uma garotinha misteriosa e gentil que se mostra como sendo a única coisa bonita em meio deste seu novo mundo distorcido. Os dois acabam por criar afeto um pelo outro e Fuminori a convida para morar em sua casa, onde se tornam algo parecido com “marido e mulher”.

Saya no Uta (A Canção de Saya, em português) é uma visual novel escrita por Gen Urobochi, roteirista de Mahou Shoujo Madoka Magica, Psycho-Pass e escritor da light novel original de Fate/Zero. Foi com obras como esta que ele se tornou reconhecido por um estilo predominantemente pesado, sombrio e violento, então pode esperar por muitas descrições perturbadoras e personagens com psiques distorcidas desde o início ou levados a loucura durante o processo.

No entanto, se tiver estômago para aguentar, verá que Saya no Uta não é simplesmente uma história gore e doentia, mas sim um belo e tocante conto sobre temas como o amor incondicional...afinal, até que ponto você está disposto a ir para ficar com a pessoa que ama? Seria Fuminori realmente um cara maluco que se apaixona por uma garotinha ou “existe sanidade em sua insanidade”? Isso justifica seus atos ao final do enredo? A aparência física é algo que realmente importa?

É uma história muito criativa e com certeza vai ficar com você durante um bom tempo depois de finalizada, apesar de curta. Não deve demorar muito mais que uma tarde inteira para se chegar ao fim dela, e não existe nenhuma divisão por rotas ou coisa do tipo, apenas uma narrativa linear com apenas três curtos finais. Estes finais, por sua vez, dependem apenas de duas simples escolhas interativas feitas durante a VN. Na primeira escolha, você é levado a um final abrupto e fraco caso escolha “errado” (apesar de genuinamente emocionante). Se escolher a opção “certa”, o enredo continua e se divide em outros dois finais que refletem muito bem de qual lado da história o leitor está.

O leque de personagens é muito limitado, mas praticamente todos são carismáticos e memoráveis o suficiente para que o leitor se importe com eles (exceto talvez as personagens Oumi Takahata e You Tsukuba). O destaque nesse quesito fica claramente para a psique perturbada de Fuminori e o ar misterioso, ligeiramente cruel, no entanto simpático de Saya.

O pacote gráfico de Saya no Uta não chega a ser incrível, mas é no mínimo atmosférico. Tons escuros e melancólicos são a lei aqui, as CGs são bem acabadas e os sprites dos personagens tem um charme natural aos olhos que não sei bem como descrever, mesmo que não tenham quase nenhuma variedade no que toca a expressões faciais e corporais. A interface é um menu bem simples, porém estilizado de maneira interessante, e as opções que oferece não são particularmente diferentes do padrão.

A trilha sonora por sua vez é muito agradável e cria o clima pesado perfeito para cada cena. É impressionante como a música por si só ajuda MUITO na imersão do enredo e na manipulação dos sentimentos de tensão e ligeiro medo para com a história, que não possui praticamente nenhum momento puramente feliz e descontraído.

Como falhas, posso citar que algumas revelações, especialmente sobre a origem de Saya, não são muito consistentes de até difíceis de engolir para o meu gosto, além de um dos dois finais “de verdade”, apesar de ser o mais feliz, possuir uma reviravolta no mínimo forçada que cria uma sensação de quebra na verossimilhança e imersão da história.

Saya no Uta se mostra como sendo uma história sem precedentes que, apesar de perturbadora e extremamente pesada, contém mensagens e ideias que proporcionam muito combustível para o pensamento. Pode não ser o melhor enredo do mundo ou o mais incrível pacote visual, mas é uma VN que entretém o leitor com sucesso e não exige um investimento de tempo colossal, como geralmente é o caso.

OBS: Saya no Uta possui algumas poucas cenas de sexo explícito que, por incrível que pareça, são contextualizadas e medianamente relevantes para a história. Porém isso não muda o fato que a natureza de tais cenas é fetichista e apelativa, e a narração durante estas não é particularmente importante para o entendimento do enredo. Logo, caso sinta-se desconfortável, é só pulá-las sem medo.

OBS 2: Até o ano passado, tínhamos apenas a tradução em inglês da TL Wiki disponível na internet. No começo deste ano, no entanto, a JAST USA (pequena empresa que publica alguns jogos/visual novels orientais no ocidente) realizou um lançamento oficial da obra nos EUA.

OBS 3: Saya no Uta está disponível em Inglês (JAST USA/TL Wiki/Winkiller Studio), Koreano (Team Basilisk), Vietnamita (Sonako), Francês (Nnuuu Production) e Espanhol (07th Inquisition & Nitronovel)

Lucas Funchal
>

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.internal_encoding is deprecated in /home/animebook/animebook.com.br/library/Zend/Locale/Format.php on line 784

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.internal_encoding is deprecated in /home/animebook/animebook.com.br/library/Zend/Locale/Format.php on line 1050