Tokyo Tribe 2 (TV)

1.0 2.0 3.0 4.0 5.0 Razoável

Informações

Ano 2006
Estúdio Madhouse
Diretor Tatsuo Sato
País Japão
Episódios 13
Duração 24 min
Gênero Ação, Drama, Violência

"Tokyo Tribe 2" é uma adaptação do mangá "Tokyo Tribes" criado por Santa Inoue, que foi publicado de 1997 a 2005, totalizando 12 volumes lançados. Além do mangá e do anime, também há uma versão em longa-metragem, e mais recentemente foram lançados "Tokyo Tribe 2 Spin off" e "Tokyo Tribes 3" em mangá. Santa Inoue é claramente apaixonado pela cultura americana, mais precisamente a cultura "hip-hop", que para muitos é mais que apenas um movimento artístico e, sim, um estilo de vida. Santa possui vários pseudônimos, tais como Michael Lau, DJ Muro, Kaws e De La Soul. Seus trabalhos mais populares são "Tokyo Tribes" e "The Neighbor No. Thirteen", esse último é um mangáa que ganhou uma adaptação em filme "live-action". Tokyo Tribe 2 mostra um nicho diferente da cidade de Tokyo, onde a vida underground se mistura à violência das gangues de rua. Cada distrito de Tokyo possui uma gangue de rapazes, em sua grande maioria jovens procurando diversão e domínio de territórios. Musashino Saru, Bukuro Wu-Ronz, Shinjuku Hands, Bubba Clan, Shibuya Waru, Yokohama 045 Bulldogs e Machida Thug são as principais gangues de Tóquio. A trama se desenrola em torno de dois velhos amigos que seguiram por caminhos distintos, Kai Deguchi e Mera. Kai pertence à gangue Musashino Saru, mas conhecida por SARU. Ele aparentemente é um jovem comum, passa o dia jogando vídeo game e comendo porcarias, mas quando o sol se põe, Kai dirige seu carro pelas ruas de Tóquio ouvindo hip-hop e se reúne com os integrantes do SARU. O ponto de encontro da gangue é uma lanchonete chamada Pennys, e o líder dos SARU é Tera, dono da lanchonete.

Mera é o braço direito do chefão dos Bukuro Wu-Ronz. Ele é um cara durão que nunca sorri e parece estar sempre a procura de algo que deixou para trás. O enredo do anime gira em torno do confronto entre os SARU e os Bukuro Wu-Ronz. Brigas pelo poder e intrigas entre amigos são temas constantes da obra. Tudo é mostrado com bastante violência e, até certo ponto, desprezo pela vida. Sexo, dinheiro, sangue e poder se misturam a lágrimas, suor e arrogância pelas noites nas ruas da cidade. "Tokyo Tribe 2" é basicamente sobre essas coisas. O grande defeito da obra foi a maneira como os personagens vão ficando cada vez mais irreais com o passar dos episódios. Os acontecimentos seguem um caminho coerente, porém não se pode dizer o mesmo em relação à personalidade dos personagens. Os coadjuvantes chegam a ficarem descaracterizados em certo ponto do anime, onde tudo o que importa parece ser apenas as lutas. Com um colorido diferente, a animação de "Tokyo Tribe 2" possui um ar urbano que se encaixa bem ao clima do anime. Por vezes a tela fica quase que totalmente avermelhada, o que faz com que as faces dos personagens ganhem um tom misterioso e cruel. As cenas em 3D são medianas e os traços dos personagens possuem um estilo americano. A trilha sonora é decente e bem original, onde o "hip-hop" rola solto com "grooves" que fazem as cabeças penderem para frente.

Com um estilo diferenciado e cenas empolgantes, "Tokyo Tribe 2" nos leva a lugares obscuros da maior cidade japonesa. Se não fosse por fatos exagerados, movimentos que contrariam as leis da física, desfecho inacabado, mal aproveitamento de personagens e descaracterização dos mesmos, seria um anime inesquecível, graças à originalidade que possui. Enfim, uma obra interessante com defeitos que fazem com que o interesse inicial vá se esvaindo com o decorrer da série, até chegar ao ponto de você se perguntar: "Por que estou assistindo isso?" ~__^

Rodrigo Nobre
>