Vidas ao vento (Movie)

1.0 2.0 3.0 4.0 5.0 Muito Bom

Informações

Títulos Kaze Tachinu
The wind rises
As asas do vento
Ano 2013
Estúdio Ghibli
Diretor Hayao Miyazaki
País Japão
Duração 126 min
Gênero Drama, Guerra, Histórico, Romance
Palavras-chave vidas ao vento, Kaze Tachinu, The wind rises

Jiro Horikoshi, era um garoto japonês sonhador. O que ele mais queria era ser piloto de aviões, numa época em que a aviação dava seus primeiros passos, ainda antes da Segunda Guerra Mundial. Ciente de seu problema de vista, adaptou seu sonho para ser um engenheiro aeronáutico, ao ganhar de presente uma revista de aviação de um amigo. Em seus sonhos, ele se encontrava com Caproni, um famoso designer de aviões italiano, e tinha longas conversas com ele.

Essa é uma história real, uma biografia desse engenheiro japonês que teve grande importância na evolução da aviação. Partindo de sua infância, em que era um garoto sonhador, passando pela juventude e seu esforço nos estudos para alcançar seu sonho, suas dificuldades e realizações na vida profissional, dificultada e ao mesmo tempo impulsionada pela guerra, a descoberta de seu talento, e sua vida amorosa, que também não fica de fora.

Os sonhos de Jiro trazem pensamentos interessantes, enquanto ele e Caproni passeiam pelos aviões imaginários - às vezes com asas de pássaros -, seja dentro deles ou sobre as asas - afinal, é um sonho e tudo é possível -, Jiro se vê diante de idéias como a utilização de aeronaves levando tripulantes, e não bombas, e já mostra sua preocupação com a aerodinâmica e em como seria possível o transporte de pessoas sem que sua estrutura se despedassace. Muitos desses sonhos, inclusive, acontecem acordado, enquanto assiste aos testes com as aeronaves que ajudou a projetar.

“Escute o que vou dizer, garoto japonês. Aeroplanos não são ferramentas de guerra. Não são para fazer dinheiro. Aeroplanos são sonhos lindos. Engenheiros transformam sonhos em realidade.”


 Jiro se mostra um rapaz muito prestativo logo no começo da história, quando ajuda uma garotinha e sua empregada, após um acidente com o trem em que viajava para Tóquio, causado por um forte terremoto, que ficou conhecido pelo “Grande sismo de Kantō”. Depois, sem ao menos dizer seu nome, vai embora a procura da universidade onde irá estudar Engenharia, em meio a uma Tóquio incendiada.

Vidas ao vento é recheado de detalhes técnicos sobre aviação, desde melhorias na aerodinâmica, design, evolução das peças, rebites, roldanas, a velocidade dos motores, até a evolução para as aeronaves feitas de metal. Esses detalhes devem fazer a alegria dos apaixonados pelo tema, já para aqueles que não se interessam tanto por esses aspectos, podem deixar a história um pouco arrastada. Porém o filme também tem seu apelo sentimental, ao incluir na história o romance de Jiro com Naoko, que o ajudará a realizar seu sonho.

Quanto aos personagens, quero destacar o icônico chefe da empresa de aviação em que Jiro trabalha. Um baixinho, mal-humorado e ranzinza que facilmente nos faz pensar que vai atrapalhar a vida do protagonista de alguma forma. Pensamento esse criado por um esteriótipo de tantas e tantas obras previsíveis que temos visto na TV e nos cinemas… mas não nessa história!

Sua irmã tem um participação curta na história, mas mostra o empenho que Jiro tem em realizar seu sonho, e o que ele foi capaz de deixar pra trás na busca por alcançá-lo, pois ela está sempre cobrando que ele visite sua família. O vento em si, também pode ser visto como um personagem, nessa história, pois tem grande influência em tudo em que acontece, e está presente em todos os momentos importantes.

A animação é cheia de detalhes de movimentos, com traços incríveis, como de costume. Afinal, o que mais esperar de uma animação do Studio Ghibli, e de um diretor que esteve envolvido na produção de animações como Porco Rosso, A viagem de Chihiro, O castelo animado e Ponyo? É garantia de uma obra maravilhosa. Além disso, Miyazaki afirmou que essa seria sua última obra como diretor, fazendo com que a crítica a olhasse com mais atenção.

A belíssima trilha sonora é outro ponto merecedor de grande destaque. Com melodias que as vezes lembram músicas francesas, numa história que se passa no japão com personagens japoneses, alemães, e italianos, durante um período onde o mundo inteiro se encontrava em guerra. É mesmo uma história para todos verem.

Vidas ao vento não é apenas mais um anime obrigatório por ser bem produzido, ter uma boa história e ser emocionante. Ele deve ser assistido porque conta um pouco da história da nossa evolução, de um dos principais encurtadores de distância já criados. Não só isso, ele mostra que com vontade e perseverança é possível realizar nossos sonhos mesmo diante das maiores adversidades.

“O vento se levanta. É preciso tentar viver.”
Paul Valéry

Jaime Neto
>

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.internal_encoding is deprecated in /home/animebook/animebook.com.br/library/Zend/Locale/Format.php on line 784

Deprecated: iconv_set_encoding(): Use of iconv.internal_encoding is deprecated in /home/animebook/animebook.com.br/library/Zend/Locale/Format.php on line 1050